9.5.11

FC Porto 3-3 Paços : Dia de festa

FC Porto recebeu o troféu de campeão nacional 2010/11

O FC Porto recebeu a taça de campeão, o dia era de festa, talvez essa seja a principal razão para o resultado do jogo disputado

Não passava pela cabeça de ninguém perder pontos contra a filial do benfica de Paços de Ferreira, depois de tudo o que esta equipa passou, é manifestamente injusto tropeçar neste dia.
Não é nenhum fim do mundo, é um empate, mas a equipa procurava e merecia manter os registos históricos que se deu ao luxo de ostentar.

Como empatamos?
Marcamos 3 golos, o que normalmente seria suficiente, mas falhamos muitas oportunidades.
Muito desleixo defensivo. Excesso de confiança. Não há que ter problemas com as palavras.
Este é o principal adversário nas finais que se seguem, falo de Dublin e Oeiras, sinceramente depois de hoje o jogo da Madeira mais não é do que um jogo para cumprir calendário.

Aqui foco as nossas responsabilidades primeiramente, porque as tivemos, mas a arbitragem vergonhosa de um conhecido careca lampião teve influência mais do que directa no resultado.
Faccioso, incompetente, inclinou claramente o jogo e no meio dos erros do FC Porto permitiu que o jogo fosse nivelado por autênticos roubos à mao armada.
Os foras-de-jogo mal assinalados aos jogadores do FC Porto que seguiam isolados para a baliza, o 2º golo não anulado ao Paços por um claro fora-de-jogo, que já não foi visto por manifesta vontade do juiz.
 E que por coincidência ocorre depois de um  penalty não assinalado na área pacense.
Um putativo 4-1, transformou-se em 3-2, por obra e graça da 2ª filial do benfica em campo, liderada por Cosme Machado.
A conivência com o jogo feio e premiditado dos filiados lampiões de Paços de Ferreira.
A entrada assassina de um emprestado da casa-mãe pacense, foi premeditada e estava estudada, aquilo é crime.
Aquilo não se esquece!

Teve um certo sabor amargo o resultado e algumas ocorrências do mesmo.
Valeu pelos golos de Falcao e Hulk que engordaram os seus números individuais, os 3 golos encaixados merecem reflexão, ó Rolando...onde andavas tu com a cabeça? eu não te bato, mas coitados do Ota ou do Maicon se fizessem a tua asneira...

Depois a festa foi bonita, todos os jogadores e técnicos acompanhados pelas respectivas famílias foram brindados por todo o estádio com aplausos e cânticos, houve luzes e fogo.
Justíssima homenagem aos campeões nacionais!!!

Azia notória por toda a comunicação social e cabeçudos deste país, que deve ser uma vez mais bem explorada para os jogos que se seguem, agora é hora de parar com climas festivos.

Vem aí uma semana inteira e longa para preparar os jogos que se seguem, recuperar os lesionados ou semi-lesionados, afinar tácticas e acima de tudo os estados de espírito.

Só um FC Porto guerreiro e com os pés no chão ganha as finais. O facto dos adversários se chamarem Braga e Guimarães não ajuda, é fácil pensar-se que já está ganho, nota-se isso estampado em muita gente.

Felizmente Villas-Boas é quem é e não dá para esse peditório. Não será por ele que haverá a mínima descompressão, mas é importante que todos entranhem bem isso, muito importante!

Já retirava muita importância ao jogo da Madeira, hoje ainda mais, esqueça-se lá isso.
Oportunidade para uma boa segunda linha actuar, talvez com Helton e Rolando no 11 para ajudar, outros titulares no banco para ajudar caso necessário.
Mas temos jogadores mais do que suficientes para irmos lá sacar uma vitória.
Com jogadores sem medo de meter o pé.
O Marítimo é inimigo e se a filial de Paços veio fazer o que veio fazer ao Dragão, o que não farão os comandados do azíado Pereira lá da filial da Madeira, que sirva de lição...ou melhor, de aviso, eles "andem" aí!!!!

Com juízo e muito trabalhinho nestas duas próximas semanas podemos realizar grandes sonhos e culminar uma época de êxitos.

Estamos perto, muito perto, vamos a eles!!!


2 comentários:

Dragus Invictus comentou

Bom dia,

Ontem foi uma grande festa, com um estádio quase lotado, com alguns adeptos do Paços, na sua maior parte com cachecol do Paços e do FC Porto a festejarem também.

Entramos bem na primeira parte, e construímos um resultado que aparentemente nos permitiria fazer uma segunda parte descansada.

Todavia com o escorregão infeliz de Rolando (o relvado havia sido intensamente regado no intervalo, o Paços aproveita, e Pizzi marca logo no início da 2ª. parte relançando a partida.

O Porto reage e faz o 3 a 1.

Mas como não há festa sem palhaços, aparece o primeiro ... o Cómico Machado, que não assinala grande penalidade sobre Hulk, e o Paços em golo irregular reduz para 3 a 2. Depois surge o segundo palhaço do encontro, de seu nome Nelson Oliveira que com uma entrada violenta põe fora de campo Moutinho lesionado. A partir desse momento o FC Porto não mais se encontrou no miolo, perdendo os equilíbrios defensivos.

Souza fez uma péssima partida, e Maicon e Rolando estiveram muito desconcentrados.

Aproveitou Pizzi (atenção a este miúdo - grande jogador)que com uma grande remate fez o empate.

E eis que surge o treceiro e último palhaço do jogo de seu nome Orestes que nos fetejos do golo fez o manguito para a bancada norte, insultando os adeptos portistas sem motivo algum para tal. Lamentável. Não sei se existem imagens. Este urso devia ser punido pela comissão disciplinar.

Quanto ao resto foi uma bonita festa no final e a equipa bem o mereceu.

Continuamos invictos e espero que na última jornada, mantenhamos a mesma situação.

Abraço e boa semana

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com

BS comentou

o raio do jogo deixou um sabor amargo, erros nossos, a arbitragem, o nelson oliveira...

sofrer aquele empate, contra 10, perto do fim...no jogo da festa...

Mas está feito, está feito.

A festa foi bonita, grandiosa q.b., inteiramente merecida por todos.

Agora é hora de olhar para a frente e agarrar as 2 finais que temos pela frente. Muita humildade, como até aqui, depois há muitas férias para descomprimir.


Cumps

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2010 The Blue Factory of Dreams | Premium Blogger Templates & Photography Logos | PSD Design by Amuki