25.8.12

FC Porto 4 - 0 guimarães - os golos, a análise

Lucho bisou na goleada


























Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa)
Cartões Amarelos para Defendi (80´) e Leonel Olímpio (91´)
Assistência: 35.503 espetadores


Equipas:

 FC Porto: Helton, Danilo, Maicon, Otamendi, Alex Sandro, João Moutinho (81´ Defour), Fernando, Lucho González (76´ James Rodríguez), Hulk, Jackson Martinez e Atsu (77´ Varela).

 V. Guimarães: Douglas, Alex, NDiaye, Defendi, Bruno Teles, El Adoua, André André, Ricardo, Barrientos (46´ Marco Matias, 64´ Lalkovic), Toscano (74´ Leonel Olímpio) e Soudani.


Marcadores:
Lucho González, 16 minutos
Hulk, 66´
Lucho González, 71´
Jackson Martínez, 80´ de penalti



Uma diferença abissal entre os dois conjuntos, mas um facto que também existia na semana passada ante o Gil, neste jogo podemos ver futebol...houve alguma dinâmica e houve mais velocidade.
É o caminho. Foi bom, muito melhor do que o até agora demonstrado, mas é preciso manter e aumentar esta dinâmica!

O guimarães foi uma nulidade absoluta. Ajudou imenso.
Tal como fez toda a diferença contarmos com Alex Sandro e Danilo nas laterais-defensivas. Algo que já devia ter acontecido no jogo anterior.

Este plantel com treinador a sério...era um caso sério...ajustando ainda o que falta e que qualquer um a olho nú detecta!

Lucho bisou, Hulk merecia também o bis, tal como Jackson que teve uma jogada fabulosa no último instante da partida.
Foram 4, podiam ter sido 6 ou 7, ninguém ficaria surpreendido.

Hulk poderá ter feito a despedida, aguardaremos pela última semana do mercado, com o conforto desta vitória no estômago.

"Os jogadores lá dentro é que decidem uns com os outros quem marca os penaltys"
A frase é de Vítor Pereira na conferência de imprensa, com aquele tom de voz de quem fala com medo, mas que raio de líder...
Nem com 4 buchas consegue fazer uma conferência de imprensa minimamente decente.
Por acaso Hulk pegou na bola e colocou-a nas mãos do Jackson, ninguém se "pegou", mas noutro contexto...é uma situação que tem de ter regras e líderes...não é o faroeste!

Não adormecemos a ver o jogo, vamos descansadinhos para o Domingo e para esta semana infernal de mercado, que haja inspiração de todos os lados para o que aí vem!














6 comentários:

P. Ungaro comentou

Boas,

Acabaram as ferias !!!

Se duvidas existissem sobre VP, Lucho, Moutinho, Hulk Atsu, e o resto da equipa, a exibição do Campeão deita por terra os detractores.
Contra factos não ha argumentos, VP mexeu na equipa, sairam Miguel Lopes, Mangala e James e acertou na mouche. Para quem gosta de futebol esgte é um jogo para ver e rever e foi um prazer assistir á magnifica exibição do PORTO.
Se mantivermos esta bitola, esta exigência e esta dedicação temos certamente um futuro risonho.

Gostei, Gostei, Gostei muito !!!

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.pt/

Anónimo comentou

Tinha saudades de ver o Porto carago

Obrigado HULK!!!!!!!!!!!!!!!

Pinto Felgueiras comentou

Apesar do penalti que nos foi tirado ainda na 1ª parte, o F. C. Porto desta vez não deu hipóteses, teve atitude e partiu a loiça toda... das cantarinhas de Guimarães.

Dragus Invictus comentou

Bom dia amigo,

O FC Porto presenteou os seus adeptos com uma exibição consistente, com domínio e controlo absoluto de um adversário impotente para travar a avalanche ofensiva, sob o comando de Lucho, com a classe de Hulk e a magia de Atsu.
Foram só quatro, mas o Vitória arriscou-se a ser humilhado no Dragão.
Desde de VP sentou o "cú no mocho", esta foi a melhor exibição da nossa equipa, e porquê?
Dinâmica, Domínio e Lucho ... e colocou as peças no lugar certo!
O nosso miolo foi dinâmico, ao contrário do jogo em Barcelos, fizemos circular a bola ao invés de correr com ela.
Tivemos dois verdadeiros laterais de qualidade, que subiram no corredor, que criaram desequilíbrios. As constantes trocas de posição entre os médios e os extremos, com os laterais em apoio, é a dinâmica que nós portistas ansiávamos à muito.
Atsu aqui e ali criou lances mágicos, deixando o capitão vimaranense envergonhado perante tal afronta. Atsu é o verdadeiro extremo do plantel. Ao contrário dos seus colegas de sector, não finta e foge para dentro, finta em progressão deixando o lateral adversário como uma barata tonta, pois nas suas costas aparecia Alex Sandro a explorar aquele espaço deixado pelo jovem ganês.
É no espaço entre o lateral e o central que se criam mais desequilíbrios numa defensiva contrária.
Uma palavra para Hulk que nos últimos dias tem visto o seu nome nos jornais, mas que tem grande tolinha e demonstrou mais uma vez ser um grande profissional.
Hulk a sair do nosso Porto merece um clube e um campeonato compatível com a sua qualidade.
Os adeptos nas bancadas mereceram esta boa exibição.
Esperámos pois que a equipa agora não caia na bipolaridade patenteada na época passada.
Temos um excelente plantel, e temos tudo para ser tri campeões, para tal basta humildade e Ser Porto dentro e fora do campo.
James teve uma pequena lição, ficou no banco e viu Atsu a dizer presente. Não se pode querer o céu rápido demais.
Faltam poucos dias para o fecho de mercado e para a definição do plantel.
Iturbe parece ser carta fora do baralho, após mais uma semana de twi"tanso". Nem com o "tutor" Lucho, o jovem argentino aprendeu o que a casa gasta, por conseguinte será salutar o seu empréstimo para que desça à terra.

Bom domingo.
Abraço

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.pt

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ comentou

caríssimo,

perdoa-me, desde já, pelo teor das próximas linhas mas, como visitante regular deste teu espaço, tenho que o escrever com toda a frontalidade que me assiste e para nosso bem (enquanto portistas indefectíveis):

já deu para perceber (bem demais!) que não curtes minimamente o nosso treinador e muito menos o futebol que a equipa (não) pratica.
ok! estás no teu pleno direito (é o teu espaço de discussão pública!), não és o único a pensar assim pelo que respeito a tua opinião.
porém - e há sempre um "mas"... - proponho-te um exercício: e se em vez de só escreveres factos que consideras negativos, por cada um destes também escrevas igual número de situações positivas?
certamente que as há (pois não pode ser tudo mau, certo?) ;)

é que, nestes últimos tempo, sempre que leio os teus escritos, por vezes dou comigo a pensar que estás a dar munição para os nossos detractores. e estes já são muitos - para aí seis milhões deles :D

repito o meu pedido inicial de não me levares a mal pelas palavras tecidas.
afinal e como li por aí (e não pude deixar de concordar), « uma crítica é isso mesmo: uma apreciação ou análise feita com maior ou menor profundidade, de qualquer produção intelectual. ou por outras palavras: o que se possa dizer mesmo que às vezes doa, deve ser dito, acima de tudo, com intuito construtivo. mas isto sou eu, que não pretendo ofender a prática do Portismo de ninguém!
»


abr@ço
Miguel | Tomo II

The Blue Factory of Dreams comentou

Antes de mais obrigado a todos pelas opiniões e as minhas desculpas pela demora na sua publicação!

Miguel, se costumas ler aqui o estaminé, percebes que não sou nenhuma florzinha de cheiro.
Aqui pode-se falar frontal e abertamente.
Desde o primeiro dia que pedi a quem visita o espaço que o criticasse, se assim o entendesse, as discussões são salutares.

Não sou crítico só em relação ao treinador, há muita coisa que critico no FC Porto, mas aqui não se faz só bota-abaixo.

E numa altura em que no nosso clube seguiram práticas de outros lados, comprar talibans para meter ordem na net, como se já houvessem poucos carneiros...
...este espaço, que nunca pretendeu ser politicamente correcto, agradar à maioria, ou fazer dinheiro....
...tem de continuar!


Grande abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2010 The Blue Factory of Dreams | Premium Blogger Templates & Photography Logos | PSD Design by Amuki