4.10.12

FC Porto 1 - 0 PSG : Um poema de James Rodriguez






                
                         Relato                                                             Golo cantado em árabe





               
               Com sotaque argentino                                                      À brasileira



Noite saborosa de Champions.

Hoje não vi ninguém a dormir, não faltava motivação, hoje houve vontade de correr e estão todos de parabéns.
Só que não podemos viver este iô-iô, tem que haver continuidade desta vontade, porque assim estamos bem.

O FC Porto entrou com o onze que tinha avançado na véspera, o expectável, já o PSG surpreendeu ao fazer 3 mudanças no onze previsto.
Talvez por não ter muita pressão para este jogo e por ter uma escaldante visita a Marselha nos próximos dias, Ancelotti deu-se ao luxo de deixar algumas pérolas de fora, as suas apostas falharam.
Sobretudo a aposta em Van der Wiel, que abriu uma passadeira no corredor esquerdo, nós cá agradecemos.

Com um Varela irreconhecível, em modo superstar e uma pressão alta e constante, o FC Porto encostou cedo o PSG.
Duas perdidas incríveis de Moutinho - o seu grande problema é mesmo a finalização - e duas brincadeiras estúpidas que podiam ter saído muito caro e que não se podem fazer a este nível...
Um canto marcado de forma displicente para a entrada da área onde estavam 2 jogadores do PSG, que originou um lance de extremo perigo em contra-ataque e uma paragem cerebral de Helton, tendo como interlocutor o tremido Maicon, mas que Ibrahimovic mais uma vez não soube aproveitar.

Depois disso o Porto acertou as coisas em termos defensivos e manteve a toada ofensiva, merecendo alcançar o golo na primeira parte, que não surgiu.
Sirigu lá ia adiando o inevitável...

Em grande plano estiveram Otamendi, Alex Sandro, Moutinho, Lucho e James Rodriguez.
O puto Atsu também entrou muito bem. Estava confiante!

Varela falha a melhor oportunidade de todo o jogo, na cara do inspirado Sirigu, depois dessa já muitos suspiros se ouviam.

Até que James, em mais um lance de génio, mandou abaixo a casa.
Derrotou os franceses, encantou o Dragão e ganhou destaque em todo o planeta.

Um poema de Champions!

Que se aproveite cada momento, cada jogo, pois este não vai durar muito mais tempo por cá!
É impossível!

Resultado muito importante, com uma vitória frente aos ucranianos em casa as coisas ficam bem encaminhadas, mas ninguém pode adormecer...

Hoje o FC Porto e os seus jogadores tiveram uma noite afirmativa na Europa.
Assim sim, gosto e congratulo, quero ver o mesmo no Domingo.

Mas com melhor finalização, se faz favor!

Tem que se melhorar a eficácia...!!!







         

3 comentários:

Marta.Gaia comentou

Fantástico James, aquele pezinho esquerdo é incrível, é o meu ídolo!!!


Grande Porto!

Dragus Invictus comentou

Bom dia

O FC Porto encarou o jogo, como deveria encarar: Favorito!

O adversário, novo rico da Europa do futebol, levou um banho de bola perante um dos melhores clubes europeus.

Fomos agressivos, dominamos e controlamos perfeitamente o jogo, permitindo apenas por duas vezes que o PSG criasse real perigo.

O nosso trio do miolo, ritmou o jogo, foi inteligente tácticamente, pressionando na saída de bola a equipa francesa.

Foi neste sector da equipa que residiu o segredo para a vitória, com Moutinho sublime.

VP esteve bem na substituição de Varela por Atsu, pois nos últimos 15 minutos, dava a ideia que a equipa já se havia conformado com o empate, e já começava a irritar o jogo da nossa equipa, pois nós somos melhores e sentíamos que se apertássemos venceríamos.
O jovem africano foi o elemento que despertou o nosso jogo e nos empurrou para a frente, e eis que apareceu James no jogo, que até então estava encolhido, e até poderia ter sido alvo de substituição.

Moutinho o melhor em campo, numa excelente iniciativa proporcionou a El Bandido uma finalização sublime de primeira, garantindo-nos assim a justa vitória e um passo importantíssimo rumo aos oitavos-de-final.

O resultado foi escasso face ao nosso domínio e oportunidades criadas.

Agora há que não embandeirar em arco, ser humildes, e encarar todos os jogos com a mesma atitude.
Temos de melhorar muito na finalização. Jackson aparece muitas vezes perdido, parecendo que a bola foge dele.

Abraço
Paulo

pronunciadodragao.blogspot.pt

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ comentou

caríssimas(os),

num dia a todos os níveis frustrante, só mesmo o nosso FC Porto nos conseguiu dar uma alegria e encher-nos de orgulho!

que a exibição de ontem tenha continuidade já no próximo encontro, é o que mais desejo!


somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! ;)
Miguel | Tomo II

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2010 The Blue Factory of Dreams | Premium Blogger Templates & Photography Logos | PSD Design by Amuki