27.2.11

Olhanense 0-3 FC Porto: Puxar dos galões...para DIZIMAR



O jogo em Olhão trouxe muita ansiedade, isso notou-se no espírito de muitos adeptos que assistiam à partida via TV e até na equipa em campo, mas a equipa até entrou bem no jogo de início.

Desde logo o FC Porto encostou o Olhanense às cordas, mas a ineficácia no capítulo da finalização mais uma vez foi notória, com Hulk em grande destaque nesse capítulo.

Mais uma vez Hulk foi sobejamente criticado pela sua ineficácia e não podemos negar que tem efectivamente de melhorar e trabalhar muito nesse capítulo, mas ninguém pode também negar ou escamotear o que Hulk tem feito pela equipa e lutado em campo, essa justiça  ninguém pode tirar-lhe.

8 minutos -  Varela rouba a bola na esquerda, passa a Hulk que ganha espaço e a meio do meio-campo faz um remate fabuloso que faz a bola passar rente ao poste. Muito azar!

10 minutos - Hulk faz uma tabelinha com Sapunaru, ganha espaço e remata bem com o pé esquerdo para uma boa defesa do guardião algarvio, que foi buscar a bola junto ao poste esquerdo da sua baliza.

15 minutos - Varela faz uma bela arrancada pela esquerda, faz uma leitura óptima do lance e serve Hulk na zona da marcação de penaltys, este com tempo e espaço acerta nas "orelhas da bola" desperdiçando uma grande oportunidade. Aqui esteve mal.

Estas terão sido as melhores oportunidades do FC Porto na primeira metade, todas no início e separadas por poucos minutos, todas protagonizadas por Hulk. Que entrou bem, a assumir as despesas da responsabilidade, mas que infelizmente não teve sucesso na finalização.

Com o passar dos minutos e o falhanço consecutivo de todos os remates, a equipa foi emperrando, mostrando alguma fadiga e sem grande clarividência na hora de definir as jogadas.
Já se sabia que a Olhanense iria crescer e motivar-se com o correr do relógio, tal como o árbitro, isso foi evidente.

O tempo foi passando, até que acabou o calvário da primeira parte, muita gente ficou nervosa com o jogo que estava a assistir. O fantasma da ineficácia voltava a ensombrar. 
E eis que tivemos um treinador a agir na hora certa!!!
André Villas-Boas sem pestanejar faz uma dupla substituição ao intervalo, deixa Sapunaru e Varela no balneário e chama Fucile e James, decisões acertadíssimas que vieram transfigurar o jogo. 
Todos temos a certeza que o anterior técnico era incapaz de fazer tal coisa. Mas adiante...

Com Fucile a dar muita mais profundidade ao flanco direito e James a trazer muita mais frescura e técnica ao miolo do terreno, onde actuou como um "10" de início...a equipa cresceu muito. O jogo parecia estar a partir-se, o ritmo acentuou-se e a equipa de Olhão começou a dar os primeiros sinais das suas evidentes fraquezas.
Mas o fantasma da ineficácia continuava. Falcao com 2 exímias oportunidades não consegue converter nenhuma em golo, no primeiro lance à boca da baliza encontra 2 adversários que por sorte evitam um golo certo, no segundo encontra o poste direito da baliza do guardião algarvio que estava completamente batido.
Parecia que nada havia de conseguir furar aquela linha de golo.

Até que chega o abençoado minuto 67. O "maestro" James arranca da direita em direcção ao miolo, deixa um adversário no chão e faz um passe de desmarcação para Hulk... que na recepção levanta a bola, Belluschi por perto aproveita o convite e disfere um remate fantástico que colocou todos os Portistas em delírio. Foi uma prova da equipa e do clube perante tudo o que parecia querer colocar-se à frente para impedir o golo.

Dois minutos depois, o "maestro" James oferece a bola a Falcao, que após um bom trabalho acerta no mesmo poste de há pouco, mas desta feita apenas para fazer a tabelinha para dentro das redes. Eu já dizia "agora vai entrar tudo..." !!! Falcao de regresso aos golos. Ele que na primeira metade não havia feito um único remate e que tinha estado péssimo nas recepções de bola e passes efectuados.
Estava a ser um "zero" e de repente faz um remate ao poste, "um golo" sacado em cima da linha e 2 golos a engordar a sua lista e o resultado. São assim os matadores. São assim os fora-de-série.

Terceiro golo que chegou já sobre o final, mais uma vez o "maestro" James na jogada a entregar a Hulk, que faz um remate potentíssmo parado pelo guarda-redes ou pelo poste (ainda não consegui perceber) e Falcao finaliza à boca da baliza com a bandeja de James que saiu do lance para o seu compatriota facturar. 
Um gesto gradioso deste puto que não pára de nos maravilhar e que merece muito carinho da nossa parte. Hoje foi ele em grande parte o responsável pelos 3 pontos e pela majestosa segunda-parte. Esteve nos 3 golos assumiu a responsabilidade, transfigurou o jogo, brilhante!!!

Grande destaque: André Villas-Boas pelas excelentes mexidas em tempo certo; James porque esteve nos lances capitais e transfigurou um jogo que estava muito complicado, Hulk porque lutou e tentou muito superar todos os obstáculos, Falcao porque regressou aos golos e mostrou porque é necessário um ponta de lança de qualidade lá na frente. Belluschi porque foi ele a marcar o primeiro golo, um golo maravilhoso que temos de rever muitas vezes, numa fase em que o Argentino está mesmo em grande forma.

Para a semana Hulk vai descansar e se calhar vai-lhe fazer bem esse "afastamento". Creio que sim. 

Foi uma grande vitória, um enorme passo, estamos todos descansados e de parabéns. Uma vénia aos guerreiros!!!

Números esclarecedores

* Hulk efectuou 11 remates, praticamente metade do total da equipa
* Fernando foi o jogador que mais recuperações de bola efectuou (19) e que teve melhor taxa de eficácia nos passes, em 52 passes 80% foram certos, dados que ajudam a perceber também a boa exibição do Brasileiro.

Resumo da partida com relato RR



**Nota final e em rodapé para os 2 vergonhosos narradores que continuam de pedra e cal na TVI, ultra-facciosos e insuportáveis. Valdemar Duarte e J.Q.Manha.
Portaram-se como 2 míudos com cachecol do benfica durante perto de 70 minutos, a festejar cada falhanço do FC Porto e a ter orgasmos com cada chuto para a frente do Olhanense, nos golos do FC Porto parecia que tinha morrido a mãe deles e a avó, o pai, o tio,...
Um espectáculo medonho, que se repete e repete e tornar-se-á a repetir. Lastimável.

*** Como também foi lastimável o "espectáculo" dos benfiquistas que foram travestir-se de adeptos do Olhanense, a espumarem-se de ódio e pequenez, num espectáculo deplorável de má educação que se evidenciou no estádio e transpirou em demasia pela tv e rádio.

No final, todos estes ficaram com o fim-de-semana estragado e andarão a contorcer-se de dores, com uma enorme azia. Não quero saber deles para nada, apenas acho que se devem tomar todas as medidas possíveis para que se chute para canto todos estes "seres" de uma vez por todas.

**** Já agora, num assunto que deverá merecer um post muito brevemente, tem de se proibir de uma vez por todas a entrada de parte da comunicação social nas instalações do clube. Chega, Basta!!!
Vivem para nos denegrir, atacar, desprezar. Se não é o clube, que sejam os adeptos a dar as respostas adequadas.

8 comentários:

austria87 comentou

Primeiro parabéns aos DRAGÕES de OLHÃO.
Segundo grande vitória.
VIVA O FC PORTO

The Blue Factory of Dreams comentou

Seja muito bem-vindo caro Austria87,

Subscrevo os parabéns aos Dragões de Olhão e a todos os que se deslocaram hoje ao José Arcanjo!!!

Porto!

Um abraço

Miguel comentou

Mais um grande post.

Grande Vitória do nosso FC Porto, se bem que a bola custou a entrar.Mas quando Belluschi desferiu aquele remate, fiquei em êxtase.

Também concordo contigo e relação á TVI, aqueles dois seres são completamente insuportaveis.

Abraços

Miguel comentou

Esqueci-me de referir, grande video com o relato da renascença

Confronto directo #3 a decorrer: Quem é melhor? Ricardo Carvalho ou Puyol?

Vote SFF:

http://imperiofutebolistico.blogspot.com/2011/02/confronto-directo-3-puyol-ou-ricardo.html

The Blue Factory of Dreams comentou

Ricardo Carvalho, sem duvida Miguel, voto feito.

Obrigado pela visita

Armando Pinto comentou

Grande jogo!
Quando o Porto marcou já há muito que merecia estar a ganhar, com bolas nos postes, jogadas que não resultavam por uma nesga, mas estava a ser uma injustiça tremenda. Um jogo de enervar, em grande parte do tempo. Para cúmulo com um árbitro que deixava os do Olhanense darem porrada à vontade, e a fazerem o que queriam, incluindo um que agarrou o Fucile pela cabeça, camisola, e por tudo o que apanhou, sem qualquer punição... enquanto que o Hulk bastou-lhe entrar a um adversário mas sem nenhuma rispidez, de especial, para logo receber um cartão amarelo, porque estava à pega... ficando assim afastado do próximo jogo. Depois do 1º golo tudo mudou e foi um fartote, entraram mais dois como podiam ter sido marcados mais outros dois golos, pelo menos.
Do resto já outros aqui se exprimiram bem, a mim o que me apraz dizer é que foi um grande jogo e uma grande vitória.


http://longara.blogspot.com/

4cantoseventos comentou

Olá companheiro,
A cada partida realizada pelo Porto, o titulo se aproxima.
Mesmo com a violência do adversário, os nossos bravos jogadores não se intimidaram e mantiveram a grande fase.
Rumo ao titulo.
Um grande abraço,
André Soares
Futebol Alegria e Debate
www.andressoares.com

The Blue Factory of Dreams comentou

É isso mesmo André, vamos ser campeões, um grande abraço!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Copyright © 2010 The Blue Factory of Dreams | Premium Blogger Templates & Photography Logos | PSD Design by Amuki